Portugal
×

www.publico.pt O dia em que Costa e Medina deviam mandar flores a Luís Filipe Vieira

Costa deveria mandar a Vieira um ramo de flores e um cartãozinho a agradecer o préstimo. Mais: a Fernando Medina, com autárquicas à porta, impõe-se mesmo que mande dois ramos e acenda uma vela ao santo protector dos políticos que adoram misturar-se
www.publico.pt
 272